quarta-feira, 27 de abril de 2016

Cusparadas & Peçonha





A atitude de um homem na senescência  da vida,pouco importando os seus cabelos brancos ou o  seu glamour midiático,formado e oferecido por conta dos espetáculos circense modernos,pode  finalmente revelar a sua fiel e verdadeira face,mostrando-nos que não é tão surpreendente quanto querem fazer crer.Nós acreditamos que assim como  as víboras ou os escorpiões ,pouco importa se são novos ou velhos ,todos,indistintamente,apresenta a mesma capacidade de ferir e inocular o seu veneno que pode paralisar ou matar as mais inocentes presas .De fato ,o que não nos ocorre é que tudo isso é apenas fruto de parca observação ou   uma questão de acurada percepção, para que possamos ver que esses sempre são e sempre foram os mesmo, nós é que nos negligenciamos,que suprimimos  as nossas análises, enfim nós  nos enganamos.Podemos observar, no mesmo indivíduo, as mesma atitudes nas mais variadas circunstâncias, não importando a idade,já decorridas na sua vida um comportamento similar; se não o apresentou até o momento, foi apenas por falta de motivação ou oportunidade.”A oportunidade é que faz o furto ,o ladrão já nasce feito”,diz o ditado e com esses não é diferente,logo tal atitude não seria tão   perdoável quanto o ato de víbora que injeta o seu veneno; e tanto quanto esses, se   ela não inoculou o seu veneno ou a sua  cusparada, como as najas que atingem as suas presas á distância, não se deveu a escrúpulo ou bondade e sim a longa letargia que a deixa inerte por longo tempo,depois de devorar alguma presa ou de ter perpetrado tais atos indóceis ,na forma mais branda de analisar tais desvios psicóticos.

Podemos observar que esses tais atitudes senescentes poderiam até  ser provocado  pelas grossas placas de ateroma, depositada sobre a sua corrente circulatória que nos leva a conclusão que este está em acentuado grau de senilidade ou “gagá”,por isso deve ser perdoados,mas e nos casos mais jovens onde tal sintomatologia ainda não se manifesta e somente um surto esquizóide ou o desabrochar raivoso de uma mariposa que sai do seu casulo  .Pois sabemos,de antemão,que nos mais idosos e grisalhos, que na minha infância infundia respeito e carinho,ou nessas jovem mariposas que flerta como vermelho e exibem uma verborragia caustica e venenosa ,serão igualmente  vítimas da sua própria peçonha ou seja : um dia desses  tais placas irão se soltar  e provocar uma paralisia de algum membro ou até o óbito, ou nessas mariposas  que se ressentem com a sua aparência desbotada e sem a virilidade que gostaria de ter,até mesmo aquela invertida que exibem e sabemos e acreditamos que dia à dia esses fantasmas funestos que se alimentam do glamour que as máscara lhe conferiram, na fina arte do engano e da  torpeza serão expostos,pois  até as máscaras têm um tempo de vida útil na arte do engano,e quando elas caem são revelados as verdadeira e horrendas caricaturas grotescas e patéticas que elas escondiam.

JATeixeira

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Da Vida e da Morte





A morte não existe,ela não é mais do que um inter-curso de tempo entre o berço e a tumba. Está morto é uma mera figura de retórica,pois está morto não é está extinto; e ao que denominamos  morte, não é mais do que a ausência de uma forma em uma dimensão de espaço tempo,além dessa dimensão e desse espaço tempo, existe o contínuo eterno.Quando se referem a morte parecem crer que a vida está presa ao corpo;o corpo é como o bulbo de uma lâmpada, que armazena um filamento que tem a finalidade de emitir a luz;Não como a verdadeira LUZ que emana do UNO ,que é uma energia que transcende a transitoriedade do corpo.O corpo é apenas descontinuado nessa forma de arranjo e que serviu a um propósito :facilitar o descolamento dessa energia a o seu consequente amadurecimento;quando esse se completa e o esse corpo deixa de servir a esse propósito, ele será reciclado, se converte e origina outras formas,ele se transforma, enquanto a energia flui...Pois como diz Heráclito de Efeso “há única coisa que permanece é a mudança”Portanto não podemos permanecer atrelado e esse corpo,matéria de FORMA e arranjo finito , transitório e quando completa a sua finalidade a energia evola...


Mesmo estabelecendo a compreensão baseado no aprendizado ou na espiritualização, poderíamos concluir que os mortos estariam  ou estarão de fatos mortos somente quando forem esquecidos e somente para esses que os esqueceram,pois da leitura de um poema ou da citação de uma frase e até mesmo de uma velha hábito, eles emergem e se elevam e voltam a caminhar entre aqueles que os citam,que os mencionam ou simplesmente os vêem em uma velha e desbotada fotografia... Assim,portanto eles continuarão...ad infinito pois a energia não finda nunca. E o que são as lembranças,as memórias?Se não essa energia acumulada e que se revela quando evocada? Será que ela, como o gênio, pode nos conceder desejos:?Claro.As palavras contidas nesses desejos,nas orações são mantras que quando repetidos ganham vida própria e mais, elas são somadas as milhares de evocações já feitas,aos milhares de desejos já concedidos,pois está em nós a concessão desses,os nossos desejos ecoam dentro de nós mesmos,pois o que está dentro é como o que está fora e tomam forma e se completam  e estabelecem conexão com o UNO a partir de nós mesmo,e só nós podemos ativar essa ligação... Assim também são as imagens,elas despertas sentimento recolhidos e adormecidos que podem ser despertados,como esfregar da lâmpada mágica que portamos todos nós. Pois quando as evocamos essa energia contida desencadeia sinapses e estimula neuro-transmissores a buscar o elo com matriz universal de todas coisa ,a qual todos invariavelmente estamos presos.Então dali poderemos extrair as respostas mais complexas os desejos mais prementes,todos estão ligados ao UNO ou matriz da vida ,do qual nada mais somos do que minúsculas partículas aprisionadas e esperando a liberação para se reagrupar...



JATeixeira

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Fonseca PU3LBF

Fonseca do Cavaquinho
Esse é o Fonseca (de chapéu) como qual mantemos bons QSOs na "Rodada dos SENHORES MUNHECAS"em 3.705 06 às 08:00 de 2ª a Domingo.

 É o Sr.do cavaquinho.Achamos nesse instrumento  a execução do ritimo CHORO ,como por exemplo, Tico-Tico no Fubá,um hino a uma musica que tem na simbiose e absorção de outros ritmos e sons que lhe dão a medula e o equilíbrio que a tornam brasileiríssima.Gostamos dessa mescla de sons e ritmos que confere originalidade a nossa música  e nos permite uma afirmação como musica genuína tuíniquuim.

.


video

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Martírio religioso : Heroismo ou Trapaça ?

Fanatismo e Martírio religioso é ensinado às crianças

 

A revista HQ para crianças da Turquia,ensina como se tornar uma mártir  religioso e assim assegurar um lugar no céu.
A revista em quadrinhos turco apresenta um diálogo entre pais e filhos.

A criança diz:gostaria de tornar-me um mártir:-"É bonito ser um mártir,não é mamãe?"
-Bem,se desejas tanto assim,Allah irá te conceder essa oportunidade",diz a Mãe,Pois só os mártires têm a oportunidade de ir diretamente para o paraíso


O presidente turco Erdogan diz  em um comício:-
"Um verdadeiro mártir tornaria no mundo real no desejo de Alah  e cumpriria por dez vezes o seu destino e assim receberia sempre mais honra no céu."
-"Que Allah abençoe os nossos mártires e que seus túmulos possam para sempre refletir a sua luz".
Essa é uma historinha HQ  publicada na Turquia sob os auspícios do Estado Turco( Diyanet)da Presidência dos Assuntos Religiosos da Turquia.Essa agência governamental  para assuntos religiosos é o órgão máximo da constituição turca que trata do assunto()É mais ou menos como a cartilha do PT que impor para as nossas escolas.Nessa historinha o dialogo entre pais e filhos promove a idéia e valoriza os mártires religiosos
.


O HQ além de estimular a idéia ,para crianças  em tenra idade,valoriza e glorifica o ato.
A agência governamental turca(Diyanet) promove a tradição do islam na Turquia e no exterior. O presidente turco Recep Tayyip Erdogan inaugurou um novo entro Diyanet na America. Um religioso que( Turkish Daily Sabah), contém uma das maiores mesquitas do país, com sala de conferência, campo de baket-ball, restaurante, sala para banho turco e un centro de pesquisa cultural.
A construção do centro, < Diyanet Center of America>,  custou 100 milhões de dólares do fundo da presidência para assuntos religiosos
daqui:
 http://www.ilgiornale.it/news/mondo/lalleato-turco-promuove-martirio-religioso-fumetto-1242142.html
Franco Iacch  

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Uma lição de Vida e Virtude: Alice Herz Sommer



Alice Herz Sommer :Music Saved My Life',
Curta metragem intitulado:A Senhora do Apartamento 6
 'The Lady in Number 6: 



Alice Herz-Sommer, -pianista tcheca(Praga)  faleceu em  Londres aos 110 anos,  e esteve prisioneira  por dois anos no campo de Theresienstadt. A história de sua sobrevivência deve-se sobretudo a sua paixão pela música é o que ela conta no curta metragem de Malcom Clark :"The Lady in Number 6: Music Saved My Life",que  foi indicado ao Oscar,na categoria melhor documentário
A Ela atribuía o 'segredo' de sua sobrevivência ao seu amor pela  música,ao  seu  otimismo e disciplina'
Aprendeu a tocar piano aos 5 anos de idade, em 1943 foi levada para o para o campo de Theresienstadt.,juntamente com o filho Raphael e o marido Leopoldo Sommer- Enquanto esteve no campo Theresienstadt. ela organizou e participou de "mais de 150 concertos", juntamente  com outros prisioneiros também músicos".

Após a guerra , ela voltou para Tchecoslováquia( Praga) e em seguida  mudou-se para Israel. Aos 83 anos, foi morar em Londres com seu filho Rafael, que é violoncelista. Aos 102 anos, ela contou que tocava  piano todas as manhãs, "pontualmente às 10 horas" por  três horas seguidas, Ela dizia:"Busco o lado bom da vida.: I know there is bad in the world,but I look for tge good “eu sei que há muito mal no mundo,mas eu olho só para o bem. ",  "o mundo é maravilhoso, está cheio de beleza e de milagres".As suas memórias estão reunidas no livro "Um Século de Sabedoria", de Caroline Stoessinger,
.